DPCL Advogados

Vantagens e Desvantagens das Audiências Virtuais

Vantagens e Desvantagens das Audiências Virtuais

Você sabe o que são as audiências virtuais? Essa modalidade ficou ainda mais famosa e praticada durante o período de pandemia que vivemos.

Isso porque ao efetuar uma audiência virtual é possível inibir aglomerações desnecessárias, mantendo o bom funcionamento das atividades judiciárias. Vamos entender mais sobre o assunto!

O que são as audiências virtuais?

As audiências virtuais nada mais são que as audiências convencionais efetuadas a partir de videoconferências. Esse modelo já existia mas se tornou ainda mais importante em meio a pandemia do coronavírus, evitando aglomerações e permitindo que as pessoas ficassem em suas casas.

Quais são os principais desafios impostos pelas audiências virtuais?

Existem algumas barreiras que podem atrapalhar o bom funcionamento das audiências virtuais, tais como:

  1. a incomunicabilidade das testemunhas;
  2. a vedação ao acompanhamento do depoimento pessoal por quem ainda não depôs;
  3. necessidade de conexão com a internet;
  4. utilização de aparelho de telefone celular, tablet ou computador;
  5. problemas de conexão com a internet.

E estes são apenas alguns exemplos. Fato é que, ainda mais por se tratarem de processos online, com as audiências virtuais o juiz tem muito menos controle de toda a situação do que se tivesse em um ambiente físico.

E as vantagens desse tipo de audiência?

Como pudemos observar as audiências virtuais apresentam algumas desvantagens. Entretanto, agora iremos apresentar as vantagens desse procedimento, sendo elas:

  1. Redução considerável de custos com deslocamento: Este, talvez, seja o maior ganho para o Poder Judiciário na adoção de audiências por videoconferência. Essa redução de custos está principalmente relacionada à diminuição no deslocamento e diárias de agentes penitenciários, combustível e processos relacionados à segurança;
  2. Mais segurança para todos: Outra vantagem notável é um aumento na segurança física do preso e de outros profissionais de justiça envolvidos na audiência. Com as audiências virtuais é possível evitar, por exemplo, tentativas de fuga ou vexamentos em casos muito noticiados pela mídia;
  3. Celeridade nos julgamentos: Por não envolver muita logística e ser realizado de forma online, as audiências virtuais promovem julgamentos mais velozes que o convencional;
  4. Possibilidade de gravação das audiências: uma vez que as audiências são efetuadas por videoconferência, é possível gravar toda a ação. Sendo assim, o magistrado tem a possibilidade de avaliar cenas do interrogatório sob diferentes ângulos e velocidades de reprodução;
  5. Sigilo de dados: a segurança e o sigilo dos dados devem ser garantidos por recursos de criptografia. A comunicação entre o réu e seus advogados pode ser feita por meio de uma linha criptografada não vinculada à rede pública de telefonia. Enquanto usar a linha, o microfone da sala deve permanecer desligado. Além disso, o juiz deve pedir que todos os presentes se retirem durante as ligações.

As audiências virtuais podem ser utilizadas mesmo após o término da pandemia

É possível dizer que as audiências virtuais se dão como um instrumento útil mesmo em situações regulares. E isso é o que a grande maioria dos juízes pensam.

Segundo eles, a ferramenta pode auxiliar em situações em que não é possível realizar a oitiva presencial. É o caso de quando alguma parte mora em local distante, até mesmo em outros países, ou em casos de processos de réus presos de alta periculosidade.

Como os participantes devem se portar em uma audiência virtual?

Agora passaremos algumas dicas sobre como se portar em uma audiência virtual. Inicialmente é necessário saber que a melhor forma de participar desse tipo de audiência é utilizando fones de ouvido com microfone embutido.

Desse modo, além de conseguir ouvir melhor você também se comunica melhor, com uma boa qualidade de áudio e bem longe de ruídos inconvenientes. Também é necessário se atentar com a sua câmera, posicionando-a para enquadrar seus ombros e a sua cabeça.

Também é ideal fechar o microfone quando não estiver falando. Assim você evita interromper acidentalmente a fala de outro advogado ou profissional, deixando a audiência mais fluida e dinâmica. Agora você já sabe mais sobre as audiências virtuais e como se portar durante esse tipo de evento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos Online