Compra segura: saiba como obter produtos na internet com segurança

Compra segura: saiba como obter produtos na internet com segurança

As compras online crescem cada vez mais. Muito disso se deve à praticidade que a prática promove, possibilitando que uma pessoa compre basicamente qualquer item sem ao menos sair de casa. Entretanto, muitas lojas online não se preocupam com o direito do consumidor. Além disso, os gestores não se preocupam em desenvolver um site seguro. Isso coloca a segurança dos clientes em jogo, deixando seus dados desprotegidos. Por isso, nós do DPCL resolvemos redigir um artigo para ajudar você e centenas de outros consumidores. Aqui falaremos sobre algumas dicas para efetuar uma compra segura.

O tema também se demonstra altamente relevante uma vez que enfrentamos um período de pandemia. Período no qual diversas lojas online surgiram. Isso ocorreu principalmente pela oportunidade de crescer nesse ramo do mercado, mas também, muitas vezes, pela necessidade de adaptação de empresas que antes só possuiam lojas físicas. Fato é que, simultaneamente a esta crescente, o número de criminosos e oportunistas virtuais também aumentou bastante. Desse modo, fica cada vez mais difícil realizar uma compra segura. Mas nós estamos aqui para te ajudar com essa questão. Acompanhe!

Dicas para fazer uma compra segura na internet

Após esta breve introdução, está na hora de entender, com exemplos, como fazer uma compra segura na internet. Para isso, separamos alguns tópicos. Assim fica mais fácil entender e assimilar o conteúdo. E para começar, vamos falar sobre a importância em garantir uma conexão segura. Entenda:

Compra segura na internet: é necessário garantir uma conexão de qualidade

O primeiro passo para realizar uma compra segura é garantir que a sua conexão com a internet seja segura. Em resumo, quando você acessar um site, se atente a URL dele. Em casos de conexão segura, o site terá “https” ao invés de “http”. Traduzindo esta sigla para o português, temos um “protocolo de transferência de hipertexto seguro”.

Além disse, verifique se existe um cadeado verde ao lado da URL. Esse item é conhecido como certificado SLL (Secure Socket Layer). Trata-se de um mecanismo de proteção padrão que garante a integridade de qualquer dado sensível trocado entre dois sistemas. Em outras palavras, a presença dele pode impedir a atuação de hackers e softwares maliciosos.

Compra segura na internet: Procure pelo certificado de segurança do site

É fato que qualquer site de qualidade, que trabalhe com a venda de produtos e serviços, contêm um certificado de segurança. Este certificado passa credibilidade, comprovando que trata-se de um portal seguro e confiável. O grande problema é que alguns sites “pirateiam” esse certificado, buscando enganar as pessoas mais ingênuas.

O ideal é que, para saber se a certificação é verdadeira, você clique na imagem em destaque. Desse modo, automaticamente o usuário é direcionado ao site da organização com a confirmação de credencial válida. Portanto, um site não é seguro somente por possuir a imagem. É preciso verificar se existe um link para o site da organização inserido nela. Trata-se de uma questão que demanda muita atenção por parte do usuário.

Compra segura na internet: Entenda a lei do e-commerce

Antes de buscar qualquer produto ou serviço na internet, é preciso que você entenda a lei do e-commerce. Esta dispõe sobre a contratação no comércio eletrônico. E, dentre as inúmeras regras descritas, o artigo 2º dispõe que o sítio eletrônico deve disponibilizar o nome empresarial e o número de inscrição do fornecedor (CPF ou CNPJ), endereço físico e eletrônico, informações para localização e contato, bem como características claras acerca do produto ou serviço.

Portanto, você precisa desconfiar de qualquer site que não possua estas informações. Além disso, mesmo que as informações estejam presentes, existe a necessidade da confirmação de sua veracidade. Desse modo, basta realizar uma busca no site registro.br, pois mesmo demonstrará todas as informações do titular do site.

O perigo não está apenas no site em si

O perigo das compras virtuais não está apenas nos sites em si. Você precisa prestar atenção até mesmo em seus e-mails. É isso mesmo, muito cuidado com aquelas promoções absurdas que aparecem em sua caixa de entrada. Muitas vezes, elas são provenientes de uma técnica chamada phishing, onde os usuários são enganados e suas informações são roubadas.

Sendo assim, não é recomendado que seus dados pessoais e bancários sejam inseridos em promoções recebidas via e-mail. Caso o cliente queira confirmar a veracidade da propaganda, o ideal é pesquisar na loja oficial do fornecedor no Google.

Também é necessário estar atento a forma de pagamento

A forma de pagamento é praticamente uma questão a parte. Isso porque, por envolver o dinheiro de forma direta, garante enorme interesse de bandidos e seus softwares fraudulentos. Portanto, você precisa ter atenção redobrada nesse momento. Isso vale principalmente para sites que aceitem boleto bancário como forma de pagamento.

O cliente deve ler sobre a política de troca e reembolso disponibilizada no site, para caso não receba o produto, ou haja qualquer outro tipo de problema, ocorra a restituição de forma rápida e eficaz. Em casos envolvendo cartões de crédito, apesar da dor de cabeça, a solução é mais fácil.

Nesse tipo de situação o cliente precisa somente a contestação junto à operadora de cartão. Portanto, note que apesar de facilitar a vida de muitas pessoas, sites que aceitam apenas boleto bancário como forma de pagamento não são confiáveis. Agora você sabe quais pontos observar para efetuar uma compra segura e não ter nenhuma dor da cabeça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *