Você sabia que seu empregado pode levantar até 100% do FGTS?

Você sabia que seu empregado pode levantar até 100% do FGTS?

Por acaso você sabia que o seu empregado pode levantar até 100% do FGTS? É isso mesmo, o Governo pode liberar o saque total para todos no ano de 2020. E isso possui ligação direta com a pandemia provocada pelo novo coronavírus. Mas que tal entender um pouco mais sobre o assunto?

Qual o motivo para o governo liberar o saque de 100% do FGTS?

Não é segredo para ninguém que a quarentena provocou um enorme rombo em nossa economia. E a questão se torna ainda mais preocupante quando falamos dos trabalhadores de baixa renda. Pensando nisso, três senadores resolveram elaborar uma série de projetos relacionados ao fundo de garantia do tempo de serviço, o FGTS.

A senadora Eliziane Gama, do partido Cidadania-MA, sugere que o trabalhador que perder sua fonte renda ou que tiver salário reduzido, consiga efetuar retiradas mensais do FGTS proporcionais ao que deixou de ganhar. Ela afirma não ser legítimo que o empregado seja lesado por algo que foge de seu controle, como é o caso da pandemia. Isso vale ainda mais se a pessoa conta com dinheiro retido no FGTS para se manter.

Também é importante destacar a fala do senador Major Olímpio, do partido PSL-SP. Ele compreende que a conta do FGTS é do trabalhador e, em especial neste momento, a utilização deste recurso é justa e extremamente necessária. Olímpio salienta que se trata de uma emergência e o recurso servirá principalmente para continuar colocando comida na mesa das famílias mais necessitadas.

Por último, o senador Romário, do partido Podemos-RJ, também está preocupado com os trabalhadores. Desse modo, apresentou uma medida, que tem como principal intuito impedir que os trabalhadores que recebem até 2 salários mínimos sejam demitidos. Esta foi nomeada de lei da Garantia de Emprego.

O senador ainda apontou ser necessário que o montante não distribuído das operações do FGTS, que gira em torno de R$100 bilhões, seja destinado ao pagamento de salários dos trabalhadores mais necessitados.

E como fica o calendário para saque do FGTS?

Os trabalhadores com carteira assinada nascidos em janeiro e fevereiro, que adotaram o saque-aniversário do FGTS, puderam realizar o saque desde o começo de abril. Ao todo, foram 530 mil trabalhadores que receberam o pagamento do primeiro lote, conforme anunciou a Caixa.

Já os nascidos em março ou abril podem realizar saques de maio a julho de 2020, enquanto os nascidos em maio e junho podem garantir o dinheiro de junho a agosto de 2020. Para os meses subsequentes, o calendário fica da seguinte maneira:

  • Nascidos em julho (saques de julho a setembro de 2020);
  • Agosto (saques de agosto a outubro de 2020);
  • Setembro (saques de setembro a novembro de 2020);
  • Outubro (saques de outubro a dezembro de 2020);
  • Novembro (saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021);
  • Dezembro (saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021).

É importante ressaltar que é possível efetuar uma espécie de simulação do valor que você receberia e filiar-se ao saque-aniversário. Basta realizar uma consulta através do site oficial da Caixa ou pelo aplicativo do FGTS, disponível na APP Store, Google Play ou Windows Store, a mesma pode ser feita após a realização de um simples cadastro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *